O que é e como fazer um arranjo?

O que é e como fazer um arranjo?

O que é e como fazer um arranjo?

Fazer um arranjo é a arte de preparar e adaptar uma obra musical para apresentá-la de uma forma diferente do original. O arranjo permite o uso de várias maneiras de desenvolver o material original - mudando a harmonia, aplicando transposição e modulações, acrescentando novo material, introduzindo, concluindo e assim por diante. Na música popular isto é harmonização e criação de instrumentação de uma melodia.
   O arranjo é realizado por "expansão" ou "constrição" das linhas instrumentais. O processo envolve a mudança da tonalidade, textura musical, introdução de harmonia e até novas técnicas na composição. Ou seja, é a possibilidade de adaptar a partitura existente para diferentes conjuntos, e/ou até fazer um remake de uma obra clássica em pop, jazz e vice-versa.
    O arranjador de música é um profissional com habilidades de compositor que enquadra uma melodia em uma textura musical. O arranjador compõe partes para todos os instrumentos, começando com os tambores e terminando com o grupo de cordas da orquestra. Além disso, o arranjador pode alterar a harmonia, a forma e até a melodia. Tudo depende da funcionalidade desses elementos, originalmente estabelecidos pelo compositor. Por exemplo, se a melodia de uma canção não é bastante memorável, o arranjador pode adaptá-la para ser expressiva, preservando a estrutura figurativa geral. A direção do estilo e a persuasão do som de uma obra musical dependem inteiramente do gosto musical e do talento do arranjador.

 

Então, preparando uma composição musical para execução por um grupo específico de vozes ou instrumentos musicais, o arranjador pode, por exemplo, expandir-la ou reduzir. 

Em muitos casos, o arranjo inclui a mudança no estilo da música. É possível por exemplo, transformar um samba em um jazz ou uma peça, composta para uma voz solista, pode ser cantada por um coral.

Em música popular, em geral, o compositor escreve canções com uma melodia básica e o acompanhamento rítmico-harmônico de um único instrumento (em geral piano ou guitarra). O trabalho do arranjador consiste em expandir a música para um conjunto mais abrangente, prover as partes complementares, como as linhas de baixo e ritmos, acrescentar solos e contracantos e preparar a música para instrumentação desejada.

Vejam alguns exemplos:

 

 

Comentários